As terapias integrativas e o Biomagnetismo

Existe cada vez mais um número de pessoas a procurar alternativas à Medicina Convencional. O organismo fica muitas vezes saturado de produtos químicos, tornando-se, por vezes, intolerante a determinados medicamentos/alimentos.

Desde a antiguidade, o homem tenta encontrar na mãe natureza as respostas às suas necessidades – para subsistir e para se curar. É fácil compreender a sincronização do Universo – a doença é gerada espontaneamente e a cura é encontrada na Natureza.

O Biomagnetismo não é apenas uma terapia, mas também uma filosofia de vida. Trata a doença através de processos naturais – regulação do pH, deixando que o próprio corpo reaja com a sua energia vital. Ao estimular as defesas naturais do corpo, esta terapia permite alcançar o equilíbrio e a harmonia.

A Medicina Alternativa/Complementar tem as suas bases em Hipócrates, pai da Medicina, que viveu na Grécia por volta de 400 anos a.C., e é a corrente médica mais antiga no Ocidente. Esta tem a sua importância na Europa da mesma forma que a Medicina Tradicional Chinesa a tem para o extremo Oriente.

th (3)

O termo Medicina Alternativa/Complementar, surgiu para se distinguir da Medicina Convencional, da qual difere pela forma como aborda a doença e a saúde.

O Biomagnetismo é um método terapêutico que tem como base o princípio de que a saúde é mantida pelo próprio corpo, com os seus próprios mecanismos de defesa e que na doença são estes mecanismos que se devem estimular através do uso do Par Biomagnético.

O princípio do Biomagnetismo é proporcionar/estimular as habilidades de curar o próprio corpo e capacitar as pessoas para fazer mudanças de estilo de vida necessárias para melhorar a saúde.

A nossa terapia procura a eliminação das causas que originam, exacerbam ou impedem a reabilitação de uma doença, isto através da aplicação de ímãs em diferentes áreas do corpo que se encontram em “Ressonância Biomagnética”. O sistema consiste no reconhecimento de pontos de energia alterados no organismo humano que, em conjunto ou ressonância, provocam uma doença.

O biomagnetismo atua na biorressonância magnética que se forma entre os micro-organismos, neutralizando o terreno biológico tornando-o inadequado á existência do micro-organismo. O biomagnetismo atua nas enfermidades mas também é uma ferramenta de prevenção de saúde.

A grande vantagem do Par Biomagnético é que não tem efeitos secundários mesmo que o tratamento efetuado seja de longa duração. O terapeuta rastreia os pontos de distorção do pH e identifica em cada pessoa o que está ou pode vir a ficar comprometido.

Como o Par Biomagnético identifica a origem da patologia, torna-se mais simples tratá-la. Resolve-se, assim, outros sintomas e patologias geradas, indiretamente, pela distorção do pH. O indivíduo sente-se imediatamente melhor a nível físico e anímico. Como a imunidade aumenta com a aplicação do Par Biomagnético, o tratamento previne, assim, a manifestação de outras doenças. Aumenta as defesas naturais do organismo, a energia e a vitalidade.

Em síntese, o Biomagnetismo combina o rigor da ciência moderna com a sabedoria da natureza e o conhecimento secular do efeito/necessidade do centro de gravidade do nosso planeta.

th (2)

Saiba que…

O Terapeuta deve sempre obedecer aos seguintes princípios:

  • primum non nocere (primeiro não prejudicar)
  • vis medicatrix naturae (cada ser tem o poder de se auto-curar)
  • tolle causam (descobre e trata a causa e não só os sintomas)
  • tolle totum (trata todo o indivíduo)
  • docere (o médico é um professor)
  • praevenire (prevenir é o melhor tratamento).

Fonte:

https://www.facebook.com/CIENCIASBIOMAGNETICAS/

https://www.facebook.com/LummiaNaturologia/

 

Gostou? Compartilhe com seus amigos

Deixe um comentário

Blog Vidha Vera

Este é um espaço pensado para compartilhar conhecimento e experiências relacionados ao desenvolvimento humano e às terapias integrativas. Convidamos a deixarem sua opinião sobre os temas publicados, para que possamos conhecer mais sobre vocês e seus principais interesses.

Categorias