A água nossa de cada dia!

Você sabe que água você bebe?

Todos nós sabemos da máxima de saúde: água é vida! Devemos beber cerca de 2 litros de água por dia! Mas você entende por que isso é importante para sua saúde e bem-estar? E será que bebemos a melhor água para o benefício da nossa saúde?

Água é vida!

Água é a fonte de vida em toda a natureza. Alguns organismos são compostos de 90% de água, e nós, humanos, temos 70% ou mais de nosso corpo feito de água. Sem água, podemos perecer em menos de uma semana!

A água é responsável por ajudar em várias funções do nosso organismo:

  • Construção e regeneração de células
  • Regulagem da temperatura do corpo
  • Respiração
  • Produção de saliva e enzimas digestivas
  • Metabolismo de nutrientes dos alimentos
  • Contração dos músculos
  • Composição do sangue que transporta o oxigênio
  • Eliminação de resíduos e toxinas (suor, urina e fezes)
  • Lubrificação de articulações
  • Amortecedor para nossos principais órgãos (cérebro, medula e coração, entre outros)

Mas estamos bem hidratados?

A desidratação é um dos principais fatores para o desenvolvimento de patogenias e sintomas em nosso corpo. Estudos demonstram que 75% dos Norte Americanos estão cronicamente desidratados.  Em 37% dos norte-americanos, o mecanismo de sede é tão fraco que eles confundem a sede com a fome. 

Dados do Serviço Geológico do Brasil indicam que 65% das internações são causadas por água contaminada. O consumo de água contaminada mata mais de 3 milhões de pessoas por ano.

Uma leve desidratação abaixa o metabolismo em aproximadamente 3%. Uma simples queda de 2% nos níveis de hidratação pode iniciar uma memória de curto prazo confusa, problemas básicos de raciocínio e dificuldade no foco mental.  

As Melhores Águas do Mundo

Segundo estudos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) a expectativa de vida média do brasileiro é de 75 anos. Mas, você sabia que existem lugares no mundo onde a expectativa média é de pelo menos 15 a 20 por cento a mais, com indivíduos que passam dos cem anos em uma proporção muito maior do que o restante do mundo?

Habitantes de lugares como Okinawa, no Japão, Himalaia, no Paquistão, Sardenha, na Itália e Abkhasia, na Georgia, são exemplos de longevidade saudável. Além de viverem mais essas pessoas têm uma qualidade de vida melhor, muito melhor. A água de fontes, como Lourdes na França; os rios glaciais do Himalaia; e as correntes montanhosas de Vilcabamba no Equador têm sido estudada por cientistas por mais de cem anos.

Circuito de Anapurna – Himalaia

Os habitantes desses locais têm uma rotina saudável, com alimentação rica em frutas, legumes e peixes, além de praticarem exercícios físicos e terem baixa exposição a situações que afetem negativamente sua saúde.

Há ainda um fator primordial para a longevidade dessas pessoas. Elas vivem em locais que têm acesso a uma água especial: a água alcalina ionizada. A água que eles consomem tem um pH superior a 8, um dos fatores importantes para a manutenção de sua qualidade de vida. Este tipo de água traz vários benefícios à saúde, ajuda na prevenção e tratamento de doenças e mantém as pessoas hidratadas com muito mais qualidade.

Como a água “funciona” no nosso organismo?

A água é um dos maiores condutores de energia. Você já tomou algum choque no banho de chuveiro elétrico? Ou já teve sua mãe pedindo para sair da piscina ou do mar quando a tempestade se aproxima? Ou viu orientações para manter aparelhos elétricos e fios longe de água? Estes são exemplos que indicam a capacidade condutora de energia da água.

E se nosso corpo é essencialmente água, ela está intimamente ligada ao processo energético do nosso organismo. Mas como isso acontece? Vamos entender como a água funciona dentro de nossas células, relembrando um pouco das nossas aulas de ciências.

A água é um importante bloco de construção em cada célula do seu corpo. Funciona como uma ponte entre os seus demais elementos. Todas as moléculas de água dentro de nossas células possuem cargas elétricas, sejam positivas ou negativas. Moléculas de água carregadas opostas, positivo e negativo, se alinham umas às outras, como uma bateria. A água corporal recebe sua carga da luz solar ou calor no ambiente e, em seguida, armazena-a dentro de nossas células.

Quais as características da água que devemos beber?

Com base nestas características da água na natureza, médicos e cientistas têm definido quais as principais características da água para nossa saúde:

Pureza e Manutenção dos Minerais

  • A água precisa ser totalmente livre de contaminantes, sejam eles orgânicos ou não. Este é infelizmente o único critério que as pessoas conhecem. É importante, mas apenas um deles.
  • Sabe-se que a água deve ser livre de impurezas para que possamos consumi-la. Entretanto, neste processo de purificação, a água não pode ser desmineralizada, pois a água pura deve conter os minerais e nutrir. Uma água sem minerais é uma água morta. A água deve conservar o que há de benéfico nela, principalmente os minerais como cálcio, potássio, magnésio, que são essenciais para sua saúde.

PH da Água

  • Se for mais ácido que o do nosso sangue, pode envelhecer e acidificar o corpo, provocando inclusive osteoporose já que a acidez sanguínea aumenta em até 100 vezes a atividade osteoclástica, que é a retirada de cálcio dos ossos.
  • Todo alimento, por exemplo, gera um lixo de natureza acídica. Sabemos que a ingestão de alimentos ácidos faz mal à saúde, facilita a proliferação de doenças e prejudica gravemente diversas funções do organismo. Devemos consumir alimentos que possuam o pH acima de 7, ou seja, alcalinos.
  • “Os bebês são básicos. Conforme vamos envelhecendo, nos tornamos mais ácidos”. Essa transição é um dos fatores para que, com a idade, sejamos mais propensos a doenças. Por isso, cada vez mais médicos recomendam dietas alcalinas.

Potencial de hidratação

  • A água é formada por moléculas de H (hidrogênio) e O (oxigênio), a fórmula conhecida H2O. Essas moléculas ficam agrupadas, geralmente em grupos de 12 a 15 moléculas, isso faz com que ela fique “pesada” e acabe não alcançando determinados locais.
  • A água ideal é conhecida como hexagonal pois é agrupada com apenas seis moléculas, ficando assim mais “leve”, alcançando capilares antes não alcançados. Isso faz com que ela te hidrate até seis vezes mais do que uma água comum.
  • A purificação por destilação, desionização e osmose reversa, acidificam o corpo, roubam minerais e têm um fraco poder de hidratação.

Condutibilidade

  • Nosso corpo funciona através de impulsos elétricos, que levam as informações para realizarmos nossas funções. Estes estímulos devem ser conduzidos por meio dos tecidos corporais que são constituídos primordialmente por água.
  • Se a água não tiver um bom nível de condutibilidade, os impulsos são prejudicados, trazendo repercussão ruim ao metabolismo corporal. Note que atletas de ponta são tratados com água com alta concentração natural de minerais naturais, e não adicionados ou “enriquecidos”, por isso têm reflexos apurados e a condução dos impulsos têm qualidade máxima.

Fonte

  • Quanto mais distante a fonte e engarrafamento, de onde se consome, maior o número de xenoestrógenos esta água irá conter, devido ao sol e calor sobre as garrafas de plástico, que liberam substâncias altamente tóxicas e que têm uma capacidade de se ligar a receptores hormonais estrogênicos com tal afinidade, que ocupam estes receptores alterando toda relação e equilíbrio hormonal das pessoas a longo prazo.

Flúor

  • Diversos países da Europa e estados da América do norte já proibiram a adição do flúor na água, devido também à toxicidade desta substância, que por sua estrutura física e colocação na tabela periódica, tem preferência absortiva ao Iodo e, por isto, pode prejudicar o funcionamento da tireoide. Ainda escreverei em breve um artigo só sobre o Flúor e darei todos os dados atuais que sustentam a afirmação a respeito da toxicidade e do fato de hoje ele não ser necessário da forma que é utilizado, tendo substitutos inclusive nas pastas de dente

Potencial de Oxi-Redução (ORP)

  • Uma água pode ser oxidante e envelhecer, ou antioxidante, combatendo radicais livres e o envelhecimento celular.
  • À medida que envelhecemos nosso corpo intensifica a oxidação das células, é como se enferrujássemos com o tempo. Esse processo é responsável por liberar radicais livres em nosso corpo, que podem causar doenças degenerativas como Alzheimer, Parkinson, AVC, infarto e, até mesmo, câncer.
  • Para combater esse processo é importante consumir uma água antioxidante, com ORP negativo, que vai reduzir essa oxidação, fazendo com que a quantidade de radicais livres no organismo diminua.

O que eu faço agora?

Eu sei, eu sei… muitas informações, algumas bem técnicas. E agora, o que eu faço com isso?

Algumas dicas para quem quer melhorar a qualidade da água em seu organismo:

1 – Saiba que já existem filtros de água, desenvolvidos no Brasil ou importados, que transformam a água de torneira, na água que contém boa parte destas propriedades. Embora não seja ainda totalmente acessível, vale a pena conhecer e fazer as contas, pois pode ficar mais barato que comprar água no mercado ao longo do tempo.

2 – Existem muitas opções de água alcalina no mercado, e todas as garrafas no Brasil contém esta informação no rótulo. Portanto, procure sempre verificar PH a 25 graus, pois ele deve ser maior do que 7,5, preferencialmente superior a 9. Preste atenção nisso na hora de escolher a sua água. Comece a ficar atento aos rótulos das garrafas de água que você consome!

3 – Se possível beba água mineral, retirada o mais próximo da fonte. Eu nasci e morei em Minas Gerais, no Circuito das Águas, e por muitos anos bebi água retirada da fonte natural. Se esta é uma opção viável para você, beber água retirada da natureza é ainda uma ótima opção, não é mesmo?

4 – Tome sol. Garanta seus 15 minutos de vitamina D e ainda reequilibre sua água corporal. O calor do sol, ou mesmo o contato com a terra, com a natureza, vêm sendo estudados como mecanismos para reequilibrar e reestruturar as características hidratantes e energéticas da água.  Saiba mais aqui neste outro artigo.

5 – Cuide das palavras e pensamentos. A água tem ainda o poder de se reestruturar através da energia. Estudos de pesquisadores internacionais mostram que a água, como agente condutor de energia e vida, responde a estímulos energéticos, seja de cristais, de elementos eletromagnéticos, de sons, ou mesmo das palavras e imagens. Portanto, escrever palavras positivas na sua garrafa de água como gratidão, amor, uma oração, pode transformar as moléculas dessa água. Saiba mais aqui neste outro artigo.

Imagem das moléculas de água expostas a palavras – Masaru Emoto

A dica 5 é uma das minhas preferidas: “Cuide das palavras e pensamentos”. Quem vem ao meu espaço recebe uma garrafinha de água com palavras positivas, como parte do nosso cuidadoso atendimento.

E acima de tudo gosto desta dica porque ela fala de como nossos pensamentos e palavras podem mudar nosso entorno, mas também nosso interior biológico.

E lembre-se que nosso corpo é composto, em média, por 70% de água… portanto nossas palavras e pensamentos podem afetar nossas moléculas de água o tempo todo!

Quer conhecer mais sobre água alcalina e água estruturada? Veja também os artigos abaixo:

Por: Ana Paula Lemes

Gostou? Compartilhe com seus amigos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on print

Deixe uma resposta

Blog Vidha Vera

Este é um espaço pensado para compartilhar conhecimento e experiências relacionados ao desenvolvimento humano e às terapias integrativas. Convidamos a deixarem sua opinião sobre os temas publicados, para que possamos conhecer mais sobre vocês e seus principais interesses.

Categorias

Agenda